TJ-GO lança programa de inteligência para cumprimento de atos cartorários

Por Redação JuriNews Centro-Oeste
15/09/2020 - 15:09
 TJ-GO lança programa de inteligência para cumprimento de atos cartorários
Compartilhe

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) lançará, nesta quinta-feira (17), o Programa de Inteligência e Automação Processual, que mudará o cumprimento de atos cartorários. O programa, desenvolvido pela Diretoria de Informática do tribunal, irá idealizar e desenvolver soluções automatizadas que contribuam para a eficiência jurisdicional.

O programa atualmente possui dois projetos: integração do Projudi com o sistema E-Cartas, dos Correios e robô de cumprimento de atos processuais, que estão proporcionando um ganho de produtividade de 700% a 6.800%. Ele tem como unidades-piloto a Central de Processamento Eletrônico (CPE) e as Unidades de Processamento Judicial (UPJ) da Família e dos Juizados da Fazenda Pública da comarca de Goiânia e, em breve, será expandido para todo Estado. As experiências foram realizadas com processos reais.

Como funciona

Após a análise do processo, o servidor o coloca no devido classificador, de acordo com cada tipo de ato. O cumprimento dos atos processuais será feito pelo robô, conforme o roteiro programado. Para que isso fosse possível, a Diretoria de Informática, em parceria com as unidades, mapeou os fluxos das escrivanias, já tendo automatizado 43 atos. Além disso, o robô pode trabalhar todos dias, de forma ininterrupta.

O diretor de Informática, Anderson Yagi Costa, revela que “atos processuais em que eram gastos vários minutos, o robô executa em segundos e, nos atos que envolvem a integração da automação do cumprimento de ato com a automação de expedição de cartas, por meio do e-Cartas, verificamos o aumento de produtividade em até 6.800%. Um ato de expedição de carta que gastaria, em média, 11 minutos (isso sem considerar o tempo gasto para receber, verificar e juntar o AR ao processo), considerando todo o procedimento de imprimir, dobrar, envelopar e etiquetar, o robô, junto com o e-Cartas, realizou em 13 segundos”, detalhou, acrescentando que no teste o sistema expediu 100 cartas em apenas 22 minutos.

Programa revolucionário
Para o desembargador Leandro Crispim, presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) e presidente do Comitê de Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação (CGovTIC) do TJ-GO, outros tribunais de justiça têm criado ferramentas para realizar o trabalho mais repetitivo, deslocando servidores para a assistência aos gabinetes dos magistrados. “Essa é uma migração natural e, com a criação desse novo sistema, o TJ-GO também caminha nesse sentido.”

De acordo com o juiz auxiliar da Presidência, Cláudio Henrique Araújo de Castro, a ideia é disponibilizar o robô para todo o Estado em poucas semanas. “Esse é um sistema revolucionário, que permite o cumprimento de atos em velocidade infinitamente superior ao trabalho manual, possibilitando que os servidores tenham um tempo de trabalho mais qualificado. Em matéria de quantidade de fluxos e nuances, abrangendo a automação de todas as rotinas cartorárias repetitivas, o TJGO será pioneiro. É mais uma inovação tecnológica criada pela gestão do presidente Walter Carlos Lemes, que está conseguindo deixar um legado nessa área, como é sua prioridade”, destacou o juiz auxiliar da Presidência.

Com informações do TJ-GO

Deixe um comentário
Leave a Comment