MORTE INTRIGANTE: Juiz altera cena de crime e leva corpo da esposa morta à Polícia no Pará

 MORTE INTRIGANTE: Juiz altera cena de crime e leva corpo da esposa morta à Polícia no Pará

jurinews.com.br

Por Redação JuriNews
17/05/2022 14:13

Um caso intrigante foi registrado na Divisão de Homicídios da Polícia Civil de Belém (PA), nesta terça-feira (17). A juíza Mônica Maria Andrade foi encontrada sem vida dentro do carro do marido, que também é magistrado. Eles haviam se casado em julho do ano passado. 

João Augusto Figueiredo levou o corpo da mulher até a polícia, alterando a cena do crime. O juiz foi até a sede da Divisão de Homicídios, em Belém, e registrou a ocorrência. 

Segundo a polícia, a magistrada tinha uma perfuração por arma de fogo no peito. A perícia no veículo e no corpo da vítima foi feita no estacionamento da Divisão de Homicídios. 

A situação chama a atenção pelo fato como tudo aconteceu, principalmente porque o homem removeu o cadáver do local do crime. 

A Polícia Civil investiga e até o momento não se tem detalhes sobre a motivação do crime.

A juíza era natural de Barra de Santana (PB) e atuava na comarca de Martins, no estado do Rio Grande do Norte. Mônica visitava Belém com frequência para se encontrar com o marido que é juiz da 1ª Vara da Infância e Juventude de Belém. 

Deixe um comentário
Leave a Comment