CHEGOU A PROMOÇÃO: Juíza deixa caso de criança de 11 anos impedida de abortar

 CHEGOU A PROMOÇÃO: Juíza deixa caso de criança de 11 anos impedida de abortar

jurinews.com.br

Por Redação JuriNews
21/06/2022 16:09

Após a ampla repercussão do caso da menina de 11 anos impedida de abortar, a juíza Joana Ribeiro deixou o caso com uma promoção oficializada pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC). Ela induziu a menina a não abortar e é autora da decisão que levou a menor para um abrigo no estado.

Joana Ribeiro foi transferida para a Comarca de Brusque, no Vale do Itajaí. O TJ-SC confirmou a promoção da juíza pelo Órgão Especial e afirmou que, desde a última sexta-feira (17), ela não faz mais parte da comarca de Tijucas, onde se encontra o caso da criança.

“Ela deixou o caso por conta dessa mudança de comarca, não pela repercussão do caso em si”, diz o TJ-SC, através da assessoria de imprensa.

O TJ-SC também informou que a Corregedoria-Geral da Justiça já instaurou pedido de providências na esfera administrativa para a devida apuração dos fatos relacionados à atuação da magistrada.

Deixe um comentário
Leave a Comment