TJ de Goiás autoriza teletrabalho por 30 dias devido aumento de casos das variantes

 TJ de Goiás autoriza teletrabalho por 30 dias devido aumento de casos das variantes

jurinews.com.br

Teletrabalho, home office ou trabalho remoto.

Por Redação JuriNews
07/01/2022 16:44

Magistradas e magistrados e diretores de Foro do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) poderão autorizar o teletrabalho aos servidores, estagiários e terceirizados pelo prazo de 30 dias, com a condição de que permaneça no regime presencial o mínimo necessário para o atendimento ao público.

A determinação assinada pelo presidente do TJ-GO, desembargador Carlos França, levou em consideração o aumento dos casos de contágio pela nova variante da Covid-19 (Ômicron) e, ainda, a circulação no Brasil do vírus Influenza H3N2, variante do vírus Influenza A, que tem provocado um surto de casos de gripe, conforme dados divulgados pelas autoridades sanitárias. 

“O Centro de Saúde do Tribunal tem acompanhado a atual situação da pandemia no Estado e consideramos prudente antecipar essa providência diante da divulgação do aumento de casos. O atendimento presencial continuará sendo realizado, mantendo todas as medidas de segurança necessárias. Nossa preocupação é preservar a saúde de todos”, reforça o presidente Carlos França.

Confira o Decreto Judiciário nº 6/2022.

Com informações do TJ-GO

Deixe um comentário
Leave a Comment