Bastidores da Ordem - PE

“Para cada fakenews, uma proposta”, diz candidato a OAB-PE ao assumir compromisso público com a advocacia

 “Para cada fakenews, uma proposta”, diz candidato a OAB-PE  ao assumir compromisso público com a advocacia

jurinews.com.br

Por Redação JuriNews
12/10/2021 - 10:10

As eleições gerais da OAB em Pernambuco já são uma das mais acirradas da história e estão descambando para um lado perigoso com fakenews e inverdades produzidas pelo grupo que deseja permanecer no comando da Ordem pernambucana.

Enquanto a advocacia anseia por conhecer propostas e participar de debates de alto nível, o que vem ganhando as redes sociais são discussões inócuas e em tom belicoso patrocinadas por apoiadores da atual gestão, e que tem como principal alvo o candidato à presidente Almir Reis que lidera o movimento “Renova PE”.

Parte da estratégia de disseminação de fakenews por membros da atual gestão vem sendo feita através de um perfil apócrifo (@central_de_noticias_ofc), criado dias atrás com o claro objetivo de espalhar boatos sobre as eleições. Isso mostra a dificuldade que o grupo de situação está tendo para emplacar fakenews contra o candidato de oposição em veículos tradicionais de comunicação no estado de Pernambuco.

Nesta segunda-feira (11), após mais uma fakenews compartilhada por apoiadores da chapa de situação, Almir Reis respondeu assumindo um compromisso público com a advocacia pernambucana.

“Tenho dito desde o início da campanha que para cada fakews, vou apresentar uma proposta. E com mais uma fakenews produzida por um ex-presidente da OAB-PE nos acusando de querer usar a instituição para fins políticos e de está recebendo apoio de um campo específico da vida político-partidária, o que é completamente mentira, estamos registrando o compromisso público de não disputar cargos eletivos ao longo da nossa caminhada na OAB-PE, tampouco concorrer as vagas de Quinto Constitucional”, anunciou.

Desafios lançados

Almir Reis também lançou o desafio para a chapa de situação aderir a essa proposta. “Desafiamos o outro lado a fazer a mesma coisa, a mostrar que realmente estão disputando para servir, por amor a classe, e não para galgar posições no judiciário ou na vida político-partidária, usando a instituição como trampolim para cargos políticos ou vagas do Quinto Constitucional”, conclamou.

O candidato de oposição ainda defendeu o fim da politização da OAB e lançou um outro desafio público de transparência.

“Tudo que queremos é o fim da politização da instituição, porque o que a advocacia militante quer são propostas e isso nós temos, como redução de anuidade, criação de coworking em todo estado de Pernambuco, combate a morosidade do Poder Judiciário, entre outras”.

Almir Reis foi além na transparência do processo eleitoral. “Faço um outro desafio aos nossos adversários para abrir publicamente as contas da pré-campanha e da campanha, vamos mostrar para toda a advocacia pernambucana quem financia quem. No nosso caso, 100% são recursos próprios, de pessoa física, sem vinculação político-partidária. Do outro lado, infelizmente, a gente sabe que tem interesses escusos associados a eleição que se avizinha”.

E concluiu: “Quanto mais eles batem, mais a gente cresce, e assim será até o dia 16 de novembro quando seremos eleitos para devolver a dignidade da advocacia pernambucana e recuperar o orgulho de ser advogado”.

Deixe um comentário
Leave a Comment