Associação dos Magistrados Herval Sampaio lança candidatura à Presidência da AMARN

O juiz de Direito Herval Sampaio é candidato a presidente da Associação de Magistrados do Rio Grande do Norte (AMARN). A eleição que vai eleger a nova diretoria da Associação para o triênio 2018-2021 acontecerá no próximo mês de março. As propostas de campanha e o plano de gestão da Chapa 'Valorização da magistratura. Renovar para melhorar. AMARN para todos e com todos' podem ser conferidas no site www.valorizaçãodamagistratura.com.br

Em entrevista ao Jurinews, Herval Sampaio disse que sua candidatura é motivada pela necessidade da defesa intransigente da magistratura. “Estamos vivendo um tempo muito difícil e a magistratura vem sendo atacada todo momento. Precisamos mostrar à sociedade a importância da magistratura. Sabemos que precisamos fazer muito mais, responder mais, julgar mais e com mais rapidez, resgatar o orgulho e o brilho no olhar do cidadão diante das nossas iniciativas. Pelo trabalho resgataremos o nosso prestígio. Mas já temos feito muito e isso precisa ser demonstrado e valorizado com a mesma garra com que nos têm agredido”.

Ele defende o equilíbrio entre a busca dos direitos da magistratura e o resgate da imagem da profissão. “É nesse momento tão difícil que, a partir da proposição de colegas, lanço o meu nome à Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte, propondo uma atuação efetiva para que possamos ultrapassar essa fase de ataques ao Judiciário e sairmos dela mais fortes”. Além da defesa dos direitos da magistratura, entre as suas propostas, Herval Sampaio enumera a capacitação permanente, melhores condições de trabalho, iniciativas que priorizem a qualidade de vida, maior transparência e maior divulgação das ações e atividades da AMARN.

“Penso também que a magistratura tem, além do seu trabalho natural, que se envolver mais com a sociedade, em ações sociais. Penso ainda que uma das maiores paixões da minha vida que é a política consensual pode ser levada ao associativismo, onde o dialogo prevaleça e mesmo não se atingindo o consenso, os eixos e diretrizes iniciais trazidos em nosso plano sejam preservados, mesmo que por outras vias, contudo o diálogo sempre deve ser priorizado”, concluiu, convidando os magistrados potiguares a contribuir para construção de um projeto de gestão democrática e efetiva na defesa dos interesses do Poder Judiciário e da própria sociedade.

Herval Sampaio é juiz do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte desde outubro de 2000. É titular da 2ª Vara Cível da Comarca de Mossoró, ocupando a função de Diretor do Fórum Silveira Martins, além de coordenador estadual dos Centros Judiciários de Soluções de Conflitos (CEJUSC) e professor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

 

 

+ Leia também

VOLTAR