DIA D DA ADVOCACIA POTIGUAR Advogados votam para escolher presidente da OAB-RN

Elpídio Júnior

Nesta quarta-feira (28), o futuro da advocacia potiguar está em jogo na Arena das Dunas, em Natal, e nas subseções da OAB no interior. A votação começou às 9h e segue até 17 horas, com resultado previsto para ser anunciado por volta das 18 horas. O pleito tem, aproximadamente 7 mil advogados aptos a votar. O processo de votação é parecido com o das eleições gerais e conta com as mesmas urnas utilizadas em outubro.

A votação acontece em Natal e nas Subseções da OAB de Mossoró, Assu, Pau dos Ferros, Macau, Goianinha, Caicó e Currais Novos. Os eleitores votam na urna eletrônica apertando os dígitos referentes a chapa de sua escolha. Nas subseções, o eleitor vota primeiro para a Seccional e, em seguida, para a Subseção.

Três chapas concorrem ao cargo máximo da Seccional para o triênio 2019/2021: Paulo Coutinho lidera a chapa 10 “Avança OAB”, que representa a atual gestão, enquanto Magna Letícia da chapa 20  “Juntos por uma nova Ordem” e Aldo Medeiros da chapa 30 “Atitude OAB” representam a oposição. Ambos votaram pela manhã. Há 18 anos que as eleições da Ordem não contavam com três chapas inscritas.

“Expectativa de vitória. Este é o sentimento de todos que compõem a chapa 10. Fizemos uma campanha propositiva, prestamos contas de tudo que realizamos no último triênio, dialogamos com todos. Temos o compromisso com o fortalecimento da advocacia; pretendemos avançar e fazer mais”, declarou Paulo Coutinho, após votar às 11h.

Aldo Medeiros expressou otimismo com o resultado das eleições. “Recebemos uma adesão maciça de advogadas e advogados de todas as regiões do Rio Grande do Norte. Dito isso, temos convicção na vitória e estamos prontos para recolocar a nossa Seccional no papel de protagonismo para o qual ela é vocacionada”, disse ele, que votou às 11h30.

Na sequência, Magna Letícia também demonstrou confiança no sucesso de sua candidatura no pleito. “Predomina um sentimento de mudança na advocacia potiguar. Estamos próximos de um momento histórico da OAB/RN: a eleição da primeira mulher para a presidência desta Seccional”, frisou Magna, que votou ao meio-dia.

 

 

+ Leia também

VOLTAR