Críticas Advogados repudiam declarações de juízes sobre suspensão de honorários

A sugestão do juiz Odinei Draeger e endossada pelo juiz Herval Sampaio para que a OAB-RN peça a suspensão temporária dos honorários de sucumbência nas condenações do Estado gerou revolta e causou manifestações de advogados. . 

As declarações dos magistrados foram feitas após a OAB-RN lançar 'Manifesto em defesa do Rio Grande do Norte' propondo alternativas para amenizar os efeitos da crise financeira no estado, entre elas, a suspensão dos pagamentos de auxílios moradia, alimentação e saúde por parte dos Poderes. 

O Jurinews recebeu inúmeras mensagens, em sua grande maioria, de repúdio as declarações dos magistrados. Em uma delas, publicada em nosso Instagram, o advogado Kennedy Diógenes diz que "soa, tal proposta, como provocação à toda classe de advogados" e que "honorário sucumbencial é alimento; não é penduricalho patrocinado pelo erário". Ele conclui seu comentário exigindo respeito.

Leia na íntegra: 

"Surpreende-me a sugestão dos magistrados Odinei Draeger e Herval Sampaio no sentido de que os advogados abrissem mão dos honorários sucumbenciais neste momento de crise em que passa o RN.

Soa, tal proposta, como provocação à toda classe de advogados que, com muito esforço, tempo e dedicação, conseguiram demonstrar o erro do Estado e foram vencedores em processos judiciais, sendo merecedores da sua justa remuneração.

Ou seja, a sugestão de suspensão dos honorários sucumbenciais, que é verba de natureza alimentar, deveria vir acompanhada com a suspensão dos subsídios dos agentes públicos, extinção de auxílios diversos, redução dos vencimentos de servidores. Assim, a proposta alcançará a justiça. 

Honorário sucumbencial é alimento; não é penduricalho patrocinado pelo erário.

Como advogado, exijo respeito". 

Kennedy Diógenes

 

 

+ Leia também

VOLTAR